Gustavo Hernández, Co-Diretor da Cross Cultural Bridges, Representante da Associação Latino-Americana de ONGs na UR e Consultor Sênior no escritório da Heinrich Böll Foundation na UE. Henkjan Laats, Diretor da Cross Cultural Bridges

Buen vivir: um conceito em crescimento na Europa?

Enraizado em visões de mundo indígenas, o conceito de buen vivir baseia-se em uma compreensão da relação da humanidade com a natureza que está fundamentalmente em conflito com o antropocentrismo da modernidade. Gustavo Hernández e Henkjan Laats traçam a trajetória do conceito, que ganhou visibilidade na América Latina nos últimos anos, e sua influência e ecos na Europa.

Business4SDGs: O Setor Privado e a Inovação para o Desenvolvimento Sustentável

A inovação e o setor privado, elementos fundamentais para o cumprimento da Agenda 2030 das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável, foram os temas do projeto Business4SDGs. O projeto decorreu ao longo de 2019 e tinha como objetivo sistematizar o conhecimento e fomentar o debate em português sobre a inovação, o setor privado e as parcerias na cooperação para o…

Desigualdade: um elemento chave na concretização do desenvolvimento

Um relatório publicado pela Oxfam em janeiro de 2020 aponta que o fosso entre os super-ricos e o restante da sociedade está a se tornar maior. Em 2019 os bilionários do mundo, que representam apenas 2.153 indivíduos, possuíam mais riqueza que 4,6 bilhões/mil milhões de pessoas, cerca de 60% da população mundial. Essa desigualdade econômica mostra que ainda coexistem extremos de riqueza e pobreza na sociedade atual, em que no topo da pirâmide da economia global uma pequena elite concentra uma riqueza que cresce exponencialmente enquanto na base dessa pirâmide milhões de pessoas vivem em situação de pobreza.

Pensar, fazer e aprender melhor

A inovação para o desenvolvimento sustentável deve ser um processo multidisciplinar, em que se combinam conhecimentos e aprendizagens várias. Deve ser inclusiva, partindo da experiência daqueles que estão mais próximos dos problemas e que os vivem no dia-a-dia. Quem promove a inovação para o desenvolvimento deve assegurar que há tempo e espaço para criar, mas também para testar, falhar, iterar, aprender e crescer. Só assim exercemos verdadeiramente a reflexividade e asseguramos a emancipação daqueles que servimos, rumo a um desenvolvimento mais justo, equitativo e sustentável.

Onde Começa a Mudança

O livro Onde Começa a Mudança (How Change Happens, no título original) é para nós leitura obrigatória para todos os que procuram transformar o mundo, sejam eles ativistas, membros do governo e administração pública, intelectuais, empreendedores, cidadãos. Fica atento ao nosso site e subscreve a nossa newsletter para seres o primeiro a saber a data de lançamento do livro, Por agora, podes começar a ler a primeira parte, que podes descarregar aqui.

Trabalhar a mudança na Oficina Global

A Oficina Global é uma iniciativa do Mestrado em Desenvolvimento e Cooperação Internacional do ISEG (Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade de Lisboa) e do CEsA (Centro de Estudos sobre África e Desenvolvimento do ISEG), que tem o objetivo de reforçar o papel da Universidade como ponto de encontro e recurso para todos estes atores que estão a trabalhar sobre e para a mudança no desenvolvimento global.

Gênero, clima e segurança na América Latina e no Caribe: do diagnóstico às soluções

As mulheres da região sofrem desproporcionalmente com os impactos do clima, mas também desempenham um papel essencial na abordagem da mudança climática. Com as respostas políticas corretas, é possível reduzir os riscos à segurança e empoderar as mulheres para lidarem melhor com os desafios que enfrentam.