Cooperação para o DesenvolvimentoNotíciasSociedade Civil OrganizadaMundo multiplexo (ilustração)

A pedido da Plataforma Portuguesa das ONGD, a Oficina Global elaborou um estudo sobre “O Futuro da Cooperação Internacional para o Desenvolvimento: fragmentação, adaptação e inovação num mundo em mudança”. O estudo foi publicado em março de 2021 e está disponível para download, em português e em inglês.


Da nota introdutória:


“Este estudo nasce da necessidade sentida pela Plataforma Portuguesa das ONGD (PPONGD) de produzir conhecimento que permita às suas associadas uma análise mais informada sobre a transformação do sector da Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (CID). Compreender a transformação em curso e os desafios que apresenta é fundamental para que depois a própria PPONGD e as suas associadas desenhem em conjunto os possíveis caminhos para o futuro, definindo a orientação da sua intervenção, as suas prioridades e as suas possibilidades.


O estudo foi realizado com três objetivos principais:

  1. Traçar a evolução da CID nos últimos 20 anos, refletindo e discutindo as transformações em curso num mundo multiplexo;
  2. Discutir os desafios que estão a enfrentar os principais atores, públicos e privados, da CID perante a mudança em curso;
  3. Contribuir para o debate sobre esta nova configuração da CID oferecendo linhas orientadoras baseadas na adaptação e inovação para se pensar e agir perante a complexidade, fragmentação e fragilidade do mundo multiplexo.


Este estudo procurou fazer uma revisão da literatura disponível, académica e cinzenta (relatórios de organizações da CID, artigos de blogues, debates e entrevistas online), e, quando possível, recorreu-se a entrevistas com profissionais de organizações internacionais – governamentais e não-governamentais.”

.


O estudo foi acompanhado pela publicação de um documento de posicionamento da sociedade civil e foi apresentado ao público dia 26 de março, num webinar intitulado “Cooperação para o Desenvolvimento: tendências e perspetivas” moderado pelo professor Luís Mah, professor e investigador no CEsA/ISEG e co-fundador da Oficina Global, no qual participaram também:


Segue de perto o debate sobre este tema tão atual aqui, no blogue da Oficina Global!

.

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados *

Enviar