Logo Oficina Global com descrição das áreas de atuação: podcast, estágios, workshops, seminários

Newsletter nº 1, junho 2021

ATIVISMO EM TEMPOS DE COVID-19

Em janeiro de 2021, e após um longo período de gestação, lançámos oficialmente a Oficina Global - um espaço de investigação-ação em língua portuguesa sobre desenvolvimento global - que nasce da necessidade cada vez mais urgente de criar pontes entre a universidade e os muitos atores que trabalham todos os dias por um mundo melhor, mais inclusivo, livre, resistente e justo.

A passagem à ação demorou: foi preciso testar abordagens, encontrar tempo, financiamento, pensar estratégia e pô-la em prática. E, claro - precisamente quando pensávamos em descolar, surgiu uma pandemia global.

Ilustração de uma colagem de várias manifestações

Como aconteceu um pouco por todo o mundo, a pandemia obrigou-nos a parar e a pensar de forma diferente sobre o que queríamos de facto fazer com esta iniciativa. Por outro lado, este momento de crise deu-nos uma oportunidade única para mobilizarmos rapidamente a nossa comunidade para debater as implicações deste choque à escala mundial e (não menos importante) deu-nos tempo para estruturarmos as nossas ideias. Percebemos que, de facto, havia espaço para a investigação-ação que queremos fazer - não só dentro da nossa comunidade de investigadores, estudantes e professores universitários, mas também dentro da sociedade civil, do sector público e do sector privado (e nas intersecções entre estas diferentes esferas).

Esta primeira newsletter semestral da Oficina Global é dedicada ao "Ativismo em Tempos de Covid-19". Este tema não foi escolhido por acaso. O ativismo está na nossa génese. Não queremos uma universidade fechada em si mesma, mas aberta ao mundo, que contribua ativamente para a transformação em curso: política, económica, ambiental, social. A pandemia de Covid-19 deu-nos o impulso de que precisávamos para começarmos o nosso trabalho e tornou ainda mais evidente os enormes desafios coletivos que hoje enfrentamos.

Os destaques destes primeiros seis meses de Oficina Global são tão variados como o desafio ao qual nos propomos, mas a ideia de investigação-ação, sempre presente, é o nosso ativismo. Temos as portas abertas. Esperamos que se juntem a nós. Em conjunto, faremos mais e melhores perguntas sobre este momento de mudança em que vivemos. Refletiremos sobre mais e melhores respostas a esses problemas. E, como em todas as oficinas, criaremos e experimentaremos soluções.

Ana Luísa Silva,

Co-fundadora da Oficina Global e Doutoranda em Estudos do Desenvolvimento

Ilustração (com modificações):Hansel Obando/ Virtual Gallery for Shifting Power/ CC BY-NC-SA 4.0

Aconteceu na Oficina

Capa do livro "Onde Começa a Mudança"

Lançamento do livro Onde Começa a Mudança

No dia 04 de março, a Oficina Global lançou a versão em português do livro How Change Happens (título original em inglês), do Professor de Desenvolvimento da LSE e Consultor da Oxfam GB, Duncan Green. Intitulada Onde Começa a Mundança, a edição em português conta com introdução da Presidente do ISEG, Clara Raposo, e prefácio da Diretora Executiva da Oxfam Brasil, Katia Maia, e da ativista e Presidente da Forus, Iara Pietricovsky.

Para marcar a ocasião, promovemos um debate online sobre os desafios que a COVID-19 impõe aos ativistas da mudança social, com a presença de Green, Raposo e Pietricovsky. A moderação ficou por conta do co-fundador da Oficina Global e professor no ISEG, Luís Mah. Clique aqui para conferir um resumo dos principais tópicos debatidos ou acesse a gravação completa no nosso canal no Youtube.

Em tempos de pandemia global, o debate em torno do ativismo e da transformação social é ainda mais urgente. Acreditamos que Onde Começa a Mudança é uma leitura obrigatória para todos os que procuram transformar o mundo, sejam ativistas, membros do governo, intelectuais ou cidadãos. Green utiliza exemplos reais de ativistas e organizações de todo o mundo para elaborar um verdadeiro guia prático para a mudança social. O livro está disponível para download gratuito no site da Oficina.

Em destaque no blogue

É Preciso Cuidar do Cuidado

A doutoranda em Linguística na Universidade Nova de Lisboa, Ana Sofia Souto, compartilha a sua experiência como professora voluntária de português para migrantes e refugiados, em Portugal. “A cada ensinamento que transmito recebo um pouco mais. Não é nada de concreto – é apenas a sensação de estar no local em que devia estar, a fazer exatamente o que devia fazer – é ser o novo alfabeto e a nova esperança dos meus alunos”, relata. Clique aqui para continuar a ler

Stephen Morrison/Africa Practice via Flickr CC BY 2.0

Oficina Global entrevista: Máriam Abbas sobre Segurança dos Alimentos

Falamos com a investigadora do Observatório do Meio Rural em Moçambique, Máriam Abbas, para saber mais sobre um dos principais componentes da segurança alimentar, a segurança dos alimentos. Para ela, “os sistemas alimentares devem incorporar qualidades que sustentam e garantem a realização de todas as dimensões da segurança alimentar e nutricional”. Leia a entrevista completa

Machado de Assis e a 4ª Revolução Industrial

Você sabe qual é relação entre o escritor brasileiro e tecnologias como a inteligência artificial e o 5G? Neste artigo, o aluno do Masters in Management no ISEG, Lucas Chaud, escreve sobre desigualdade, tecnologia e direitos humanos, a partir de uma reflexão sobre Machado de Assis. Clique aqui para saber mais

Do desenvolvimento à dignidade: um enorme desafio para a cooperação internacional para o desenvolvimento

“As pessoas não querem compaixão, querem respeito. Por que não colocar esse desafio no centro das tomadas de decisão?”, questiona o escritor e investigador em temas ligados à pobreza, direitos humanos e cooperação internacional, Jonathan Glennie. Este artigo, publicado originalmente pela plataforma Open Democracy, foi traduzido pela nossa equipe e republicado no blogue da Oficina. Clique aqui para ler o texto completo

Dicas da Oficina

Ficou curiosa (o) para saber mais sobre ativismo e transformação social? Preparamos uma lista especial sobre o tema, com conteúdos em diferentes formatos:

Livro | The Education of an Idealist

Esta dica é para quem gosta de biografias e tem conhecimento da língua inglesa. Em The Education of an Idealist, a diplomata, escritora, jornalista e advogada Samantha Power narra a sua trajetória, desde correspondente de guerra, passando à representação dos Estados Unidos junto às Nações Unidas, até o gabinete do ex-presidente americano Barack Obama. Apontada como uma figura-chave da administração Obama, Power foi indicada pelo atual presidente, Joe Biden, para liderar a Agência dos Estados Unidos para o Desenvolvimento Internacional (USAID).

Dica da Ana Luísa Silva

Documentário | Bending the Arch

O documentário Bending the Acrh (2017) conta a história de três jovens estudantes que criaram, nos anos de 1980, um modelo revolucionário de capacitação de trabalhadores da saúde para tratar pessoas pobres acometidas por doenças graves e abandonadas pelo sistema de saúde. Estima-se que o modelo de gestão comunitária da saúde, desenvolvido por Farmer, Kim e Dahl para tratar doenças como AIDS e tuberculose, tenha sido responsável por salvar milhões de vidas nos países em desenvolvimento. O documentário está disponível no Netflix.

Dica da Renata Vieira

Documentário | Como Mudar o Mundo

Em 1971, um pequeno grupo de ativistas navegou do Canadá para o Alasca, num velho barco de pesca, com o objetivo de deter o teste da bomba atômica, em Amchitka. Este é o início da história do Greenpeace, fundado pelo ativista ambiental Robert Hunter. O documentário Como Mudar o Mundo (2016) conta essa história, a partir da estrutura das Five Rules of Engagement, propostas por Hunter, e utiliza imagens de arquivo dramáticas, guardadas por mais de 40 anos.

Dica da Franciely Torrente

Galeria virtual | Development: a visual story of shifting power

Se você gostou da ilustração que introduz esta newsletter, precisa conhecer as demais obras que compõe a primeira exibição da Virtual Gallery for Shifting Power. A iniciativa, criada pelo projeto Power Shifts, busca diversificar a linguagem e a língua que dominam a Comunicação para o Desenvolvimento. A primeira exibição, intitulada Desenvolvimento: uma história visual da transformação do poder (em tradução livre), traz uma série de colagens dos artistas Hansel Obando e María Faciolince. É possível descarregar, imprimir e/ou compartilhar as imagens por meio de uma licença de criação comum.

Dica da Mariana Silvério

Estuda no ISEG? Marque na agenda!

Formação sobre campanhas e ativismo: como agir para mudar o mundo. Formadora Hemma Tengler.
Inscreva-se

Palestra de Johan Rockström | 06 de outubro de 2021

No dia 06 de outubro de 2021, a Oficina Global, em parceria com o CEsA e com o ISEG, receberá o professor e investigador das mudanças e resiliência climáticas, Johan Rockström, para uma palestra nas dependências da Escola. O evento, que integra a programação das Kapuscinski Development Lectures, organizadas pela Comissão Europeia e pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), será aberto ao público. Enquanto aguarda o início das inscrições, assista à palestra Dez anos para mudar o futuro da humanidade, apresentada por Rockström no TED Talks.

Siga-nos para se manter informada (o)

Instagram iconTwitter iconLinkedIn iconFacebook icon

Compartilhe com outros interessados!

Logo

Copyright (C) All rights reserved.